30 de nov de 2012

VISITA-SESC CONSOLAÇÃO SP

No dia 17 de Novembro de 2012 o grupo do PJ-MAIScom seus parceiros, recepcionaram um grupo de 40 pessoas, vindo do SESC Consalação SP. Eles chegaram por volta de 9h e 30min no espaço "Mistura Legal" pra saborear um delicioso "Café Caipira" feito pelo Sr Messias.


 Após o café, descemos para a cidade para dar inicio ao "City Tour", que foi realizado pelo Lucas Bitencourt e a coordenadora de Turismo, Elaine Nogueira, enfatizando os pontos fortes de Paraibuna como a cultura, história e culinária, passando por nossas Igrejas, o Cemitério e o Mercadão onde uma parte da nossa história pode ser contada através dos comes e bebes e a arquitetura local.











     Após isso fomos para o restaurante "Caetê" almoçar, onde encontramos um ótimo atendimento e qualidade na comida. Deixamos os turistas a vontade por uns 40min, para que eles pudessem conhecer o local e uma ajuda na digestão.

Logo após voltamos para o roteiro do dia, seguindo para a "Fundação Cultural" onde já nos aguardavam para começar a roda de conversa. Tivemos uma boa "proza" com Zé Ernesto que nos encantou com suas histórias; depois conheceram alguns "quituteiros" e os produtos feitos aqui na cidade. "Tinha o Sr. JJ (José Joaquim) e sua esposa Neide apresentando seus produtos derivado da cana-de-açúcar, o jovem Fernando Martins com produtos do sítio do "Bello", as jovens Luana e Vitória  com os produtos da "Baninha Paraibuna" e a jovem Karina com seus queijos".



Em seguida fomos até a cozinha caipira para um café preparado pela a Dona Irene. Depois de todos satisfeitos, aplicamos uma avaliação sobre o dia.




Com o roteiro finalizado nos reunimos para uma despedida coletiva e os acompanhamos até o ônibus.

Agradecemos a visita e que VOLTEM SEMPRE!
  • Texto: Lucas Bitencourt

9 de nov de 2012

PROJETO-LEITURA EM CANTOS



LEITURA DE ROSTO ESCONDIDO – Projeto Leitura Em Cantos

O PJ-MAIS, em parceria com a Comissão Setorial de Literatura da Fundação Cultural Benedicto Siqueira e Silva, visando descentralizar o atendimento aos bairros mais distantes do  município de Paraibuna, levaram às Escolas de Educação Infantil uma atividade de fomento à “Leiturapara crianças.
Esta atividade teve como objetivo promover o livro como  foco da atenção dos ouvintes. NaLeitura de Rosto Escondidoo livro é o personagem principal. Onde a criança pode ver as ilustrações enquanto o leitor públicoescondidoatrás do livro interpreta o texto com expressões vocais e corporais.
As atividades de Leitura de Rosto Escondido foram bastante interessantes.
A primeira escola visitada foi a do Capitão Maneco, realizada no dia 16 de outubro pelas jovens Erika, Daiane e Jaqueline. Foram atendidas 22 crianças de duas salas.
Foram lidos os seguintes livros: O Sapo Bocarrão, A Casa Sonolenta, A Árvore Generosa, E A Girafa Que Cocoricava.
No mesmo dia foi feita a leitura dos livros: Tudo Bem Ser Diferente e O Guarda Chuva de Minha Professora na escola Prof.ª Maria Tereza Cesar Teixeira e Geraldo Martins dos Santos pelas jovens Elizabeth e Caroline, para cerca de 40 crianças.
No período da tarde foi feita a leitura no Bairro do Bela Vista pelos jovens Lucas Bitencourt, Fernando, Mariana, Rafael e a coordenadora Elaine dos livros O Sapo Bocarrão, Tudo Bem Ser Diferente, Adivinha Quanto Te Amo e A Casa Sonolenta, para 26 crianças.

                

No dia 17 de outubro, as jovens Caroline, Daiane, Erika e Tainara leram no Salto e no São Guido os livros: A casa Sonolenta, O Sapo Bocarrão, A Girafa Que Cocoricava, Rino o Rude para 36 alunos.

No dia 19 de outubro a leitura foi feita pelas jovens Caroline, Emilli , Elizabeth e Erika na escola do CATE, para 32  alunos e no Bairro do Telles, na escola Professora Andreia Rangel, para 10 crianças.


No dia 30 de outubro as jovens Erika, Tainara e Caroline realizaram a leitura na escola E.M.E.F Bairro do Itapeva e leram os livros Rino e Rude, o Guarda Chuva da Minha Professora e o Homem Que Amava Caixas, para 45 crianças no período da manhã e 17 no período da tarde.


Segundo avaliação dos jovens que participaram do projeto, as crianças foram receptivas e atenciosas. As atividades foram diversificadas e agradáveis de serem aplicadas e as crianças interagiram com as historias.
228 crianças foram atendidas pelo projeto.

Texto: Jovens núcleo Espirito Santo
  Adaptado por: Lucas Bitencourt

19 de out de 2012

VISITA-SESC ARARAQUARA

No dia 12,13,14 de outubro recbemos 17 turistas de Araraquara.

12 de Outubro:
Recebemo-los na rodoviária, após recpciona-los fomos para a igreja da matriz para mostrar um pouco da nossa história. Logo após seguimos para o pesqueiro "Mandizeiro" onde eles iriam jantar, ali ja estavam os violeiros, que com sua cantoria que nos enchaim de alegria cantando suas modas de viola enquanto jantavámos.


13 de Outubro:
 Eles chegaram por volta das 11h15min para que pudessem conhecer o mercadão. Encantaram-se com nossos produtos e com nosso comércio e a história do mercadão. Seguindo como  combinado, fomos almoçar no restaurante "Chorarão" onde fomos bem recepcionados, o local era agradável e o almoço de boa qualidade.

 Após o almoço,seguimos para o sítio do JM (Messias) onde nos esperavam para ter uma roda de conversa e exposição de alguns produtos locais e um belo café caipira.
A roda de conversa foi elaborada pelo Zé Ernesto que é o melhor contador de prosas e histórias,ele se expressava de tal maneira que nos dava arrepios. Depois eles foram ver os artesanatos da Malu e ela também nos explicou como se faz a paçoca e mostrou o processo. Logo após tomaram aquele café caipira delicioso que só o senhor Messias pode nos fornecer.

               







14 de Outubro:
 Chegaram a cerca das 08h40min no local combinado. Seguimos diretamente para o sítio do Bello, para que conhecessem o projeto do sítio e suas finalidades. Fomos recepcionados pelo próprio  Bello ( Douglas), que nos explicou sobre as futas que estavam na mesa e o porquê de resolver transformar o local que era só pasto em um pomar imenso de futas nativas.


 Depois uma parte do grupo foi fazer a trilha (Sucupira) com o jovem monitor Lucas Bitencourt, conheceram um pouco sobre Mata-Atlântica e sobre o pomar. A outra parte do grupo ficou com o jovem Fernando Martins que explicou o mesmo conteúdo e fizeram a trilha do Cambuci que é uma pequena caminhada.


 Saindo do Bello fomos para o JJ (José Joaquim) conhecer o alambique e os processos da rapadura, melado e o açúcar-mascavo. Sendo recepcionado pelo próprio José Joaquim, foi explicado sobre o sítio e o projeto Mata-Ciliar. Descemos para o alambique e ali começou a falar sobre o ponto do melado da rapadura e o açucar-mascavo e que cada produto é feito diferente.


 Depois entramos na parte da produção da cachaça onde os senhores se encantaram com o processo desde a matéria-prima, passando pelas dornas e a fermentação,seguindo para a serpentina por onde a cachaça é resfriada, e onde ela termina. Foi aberto um setor de compras dos produtos do sítio. Saindo do sítio fomos almoçar no restaurante "Caetê" onde ônibus ja os aguardava. O almoço foi maravilhoso, fomos bem atendidos e bem recepcionados. Após o almoço eles seguiram para o ônibus com destino a Araraquara. Fizemos uma bela despedida e uma foto oficial.
                                  
                                                 
Texto: Lucas Bitencurt 

10 de out de 2012

SÍTIO JJ-VISITA TÉCNICA



 

Em uma visita técnica ao Sítio JJ (José Joaquim) que ocorreu no dia 26/09, o PJ-MAIS (Programa de Jovens Integração Social) núcleo Paraibuna, levou cerca de 65 jovens para conhecer o processo da de fabricação de produtos a base de cana-de-açúcar ( melado, rapadura e açúcar mascavo, etc.).
No período da manhã com o polo Espírito Santo, o grupo foi recepcionado pelos jovens Lucas Bitencourt e Carol, levando-os até a praça de alimentação. Em seguida a jovem Elizabeth (Beth) elaborou uma dinâmica de interação para que os jovens guardassem os nomes de todos e se interagissem.

Após isso o dono do sítio José Joaquim (JJ) passou os seus conhecimentos sobre o local.
Apresentou os dois tanques, sendo uma piscina natural que ele próprio teve a idéia de construir e o outro um lago. Depois mostrou os locais que foram reflorestados através do Programa Mata Ciliar, com árvores nativas e frutíferas.


Logo após todos foram para o alambique para conhecer o processo de fabricação de produtos base de cana-de-açúcar desde o corte, passando pela fermentação das dornas, seguindo para fervura e pela serpentina, e finalmente o produto pronto.


Explicou também sobre o processo da fabricação do melado, açúcar mascavo e da rapadura e que todos tem um ponto e modos diferentes de se fazer.


No final da visita fizeram uma avaliação sobre o local e houve e um pequeno sorteio com os produtos sem álcool.

Texto: Lucas Bitencourt

1 de out de 2012

PJ-MAIS PARAIBUNA EM VISITA TÉCNICA NO SÍTIO DO BELLO


    Em uma visita técnica do PJ-MAIS (Programa de Jovens Meio Ambiente e Integração Social),núcleo Paraibuna, 72 jovens visitaram no Vale da Fartura a propriedade do Sitio do Bello no dia 12 de setembro. O grupo foi dividido em 2 períodos: o polo do Espirito Santo visitou o sítio na parte da manhã e o polo Fazenda São Pedro no período da tarde.


     O conteúdo abordado  da Oficina de Turismo foi a monitoria e informações sobre o local e suas potencialidades e da Oficina de PROMAF'S (Produção em Manejo Agroflorestal) foi trabalhado recomposição ambiental, compostagem e Mata-Atlântica.


    No polo do Espirito Santo o módulo I e III formaram apenas um grupo e  monitorado pelas jovens Emilli , Erika e Tainara e foi feito as dinâmicas “mapa do sons e olho vivo” pela jovem Carol. Percorrendo a trilha do Sucupira e passando pelo pomar de frutas,onde degustaram algumas frutas da época.

    O polo da Fazenda São Pedro os mesmos módulos formaram dois grupos, enquanto um grupo fazia a trilha Sucupira com o monitor Lucas Bitencourt , o outro grupo foi acompanhado  pelo monitor Fernando Martins depois de  conhecer as variedades de frutas através de uma mesa que o funcionário Donizeti havia arrumado.


    Ao término da trilha os jovens se reuniram pra tomar um lanche e tiveram a oportunidade de provar suco de uvaia e pitanga.

    Após o lanche fizeram uma avaliação sobre o local,e depois formaram um grande circulo fazendo uma avaliação do dia com apenas uma palavra,logo em seguida foi feito um pequeno sorteio com produtos do sítio,para que levassem mais do que informação pra casa e sim um gostinho das frutas.



Texto: Lucas Bitencourt

20 de set de 2012

CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL VISITA O VALE DA FARTURA II


                   No dia 15 de setembro o Instituto H&H Fauser organizou o VII módulo do Curso de Gestão e Educação Ambiental da Câmara Técnica de Educação Ambiental e Mobilização Social (CT-EAMS) do Comitê de Bacias Hidrográficas do Paraíba do Sul (CBH-PS), onde estiveram presentes 24 pessoas.
           O curso iniciou-se no Sitio JM (Messias) com a apresentação da proposta do Módulo pela coordenadora Larissa Neli. Em seguida, tiveram a palestra sobre Técnicas e Práticas de Conservação de Solo e Preservação de Recursos Hídricos ministrada pelo Prof. Dr. Vicente de Jesus Carvalho.



               Logo após o Coordenador Geral do PJ-MAIS Carlos Alberto da Silva Filho falou sobre a prática de educação ambiental na formação de multiplicadores do Programa de Jovens Meio Ambiente e Integração Social da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo.
             Mostrando-lhes que diretamente e indiretamente o Programa ajuda o jovem a orientar-se na parte social e no mercado de trabalho. Fazendo com que eles tenham um propósito profissional e social ao longo de sua carreira se tornando um multiplicador dos conceitos, aprendidos no curso.


Em  seguida a coordenadora dos Projetos Especiais Susanne Fauser falou sobre árvores frutíferas nativas, gerando renda ao pequeno produtor.

                        
              Durante o período da tarde os integrantes do grupo conheceram as duas propriedades Sítio JJ E Sítio do Bello, onde vem sendo executado o projeto de Turismo Sustentável do Roteiro Tradição e Frutas Nativas da Mata Atlântica. 
             Formando apenas um grupo fizeram uma visita alternada nas propriedades.
            No Sítio JJ à monitoria foi feita pelo jovem Fernando Martins que explicou a história do sítio e como é feito o processo de fabricação da cachaça, acompanhado por uma funcionária do Sítio.


            Ao final da monitoria foi aberto um ponto de vendas organizado por Susanne  Fauser.


           No Sitio do Bello a monitoria foi feita pelo jovem Lucas Bittencourt, acompanhado do responsável pelo sítio o funcionário Donizete, durante a visita conheceram o viveiro de mudas, passearam pela Trilha Sucupira e conheceram a Sala de Manipulação das frutas onde são preparadas as polpas.

    
      



           Logo após foi aberto um ponto de venda organizado pelas jovens Emilli e Iasmim usando os produtos fabricados pelo Sítio.



  Texto: Lucas Bittencourt

27 de fev de 2012

O Sindicato Rural de Paraibuna em parceria com o FAESP-SENAR está oferecendo cursos gratuitos para 2012. É só se inscrever no Sindicato Rural de Paraibuna ou pelo telefone: (12) 39740009 / 96082452.

Abaixo a relação dos cursos:

Mês de Abril: Olericultura Orgânica, Apicultura, Rédeas

Mês de Maio: Processamento Artesanal do Milho, Operação e Manutenção de Motoserra, Bovinocultura Aplicação de medicamentos

Mês de Junho: Inseminação Artificial, Manejo de Cria e Recria, Cavalgada Rural

Mês de Julho: Produção de Silagem, Culinária Regional, Banana Instalação da Lavoura

Mês de Agosto: Doma Racional, Eletricista Baixa Tensão, Eucalipto Instalação da Lavoura

Mês de Setembro: Operação e Manutenção de Motoserra, Ordenhadeira, Passeio Ciclístico

Mês de Outubro: Piscicultura Tanque em rede e escavado, Plantas Industriais controle das, Formigas, Pedreiro, Turismo Pedagógico

Mês de Novembro: Processamento artesanal de Frutas, Processamento Artesanal de Pães, Processamento Artesanal do Leite, Artesanal de Bambu