12 de dez de 2014

GRUPO MELHOR IDADE DE PINDAMONHANGABA VISITA PARAIBUNA

No dia 06 de dezembro de 2014, 18 pessoas, vindo de Pindamonhangaba visitaram Paraibuna. Eles chegaram por volta de 9h na casa da D. Irene, para saborear o delicioso "Café Chão Caipira”.



 Após o café, o grupo seguiu para o "City Tour", que foi realizado por Elaine Nogueira e a jovem Diana d`Arc, enfatizando os pontos fortes de Paraibuna como a cultura, história e culinária.
Visitaram o Portal do Cemitério.


A Praça do Rosário, a Praça da Mariz.



 O Mercadão onde uma parte da história de Paraibuna pode ser contada através dos comes e bebes e a arquitetura local. 


 O almoço foi servido no Sitio JM com direito a “FOGADO” prato típico da cidade de Paraibuna e comida caipira servida no fogão à lenha, também conheceram a coleção de objetos históricos da época dos tropeiros da região.



Em seguida foram para o “Sitio do Bello”, tiveram oportunidade de conhecer a história do Sitio e uma mesa de frutas, apresentada pelo proprietário Douglas.


Fizeram o passeio pela Trilha Sucupira árvores nativas da região e passaram pelo pomar de frutíferas provando frutas da época.



Para finalizar o dia fizeram compras de produtos do Sitio do Bello e degustaram sucos.
Neste dia também tivemos a visita de uma turista muito especial D.Brasilia de 91 anos que fez todo o roteiro com o grupo.


Texto: Elaine Nogueira
Fotos: Lucas e Diana

9 de dez de 2014

SESC BELENZINHO - ROTEIRO FRUTAS NATIVAS

A riquíssima diversidade natural do Brasil também se faz presente com árvores frutíferas. Este prazer ficou escondido de boa parte dos brasileiros nos últimos 500 anos. Sabores como o bacuri, buriti, açaí, araçá-boi, grumixama, uvaia e dezenas de frutas alimentavam lendas e estômagos indígenas desde antes da chegada dos portugueses hoje são redescobertas e fazem parte pouco a pouco da culinária.

No dia 06 de dezembro um grupo de 30 pessoas coordenado por Neide Rigo visitaram o Sítio Bello - Paraibuna/SP, onde os participantes conheceram frutas nativas brasileiras num plantio em sistema agroflorestal e fizeram uma trilha dentro de um remanescente de mata. O objetivo  foi despertar no público novas ideias sobre a natureza como potencial fonte de novos sabores e sensações, além daquilo que já está estabelecido e padronizado.


A visita no  sitio foi monitorada por Douglas Bello Químico com mestrado em marketing industrial pelo Mackenzie, atua com a inovação de produtos. Há 13 anos iniciou a pesquisa para desenvolver e divulgar frutas nativas do Brasil, como um caminho para a preservação de espécies provenientes dos biomas da Mata atlântica, Cerrado e Amazônia.
E pelos monitores do Instituto H&H Fauser Suzi, Lucas e Julio.

O almoço foi servido no Mercado da Suzana almoçar em restaurante de comida típica mineira da região.



Site: http://www.sescsp.org.br/programacao/48994_100+BRASIL+FRUTAS+NATIVAS#/content=saiba-mais
Foto: NEIDE RIGO SESC%20BELENZINHO%2006122014.html