PARCERIAS

O Roteiro compreende um sistema de parcerias que visa fortalecer o Turismo Rural em Paraibuna de Base Comunitária como estratégia de Desenvolvimento Sustentável Local. Segue o perfil das associações e empreendimentos parceiros: 
ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO BAIRRO DO FARTURA:  Parceiro na mobilização social no bairro e desenvolve, junto a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, o Projeto Demonstrativo do Programa Mata Ciliar com financiamento do Banco Mundial (1ª Fase) e da compensação ambiental do Gasoduto Caraguatatuba-Taubaté (2ª Fase).

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DE PARAIBUNA (ACEP) - Importante parceiro nas articulações via Sebrae-SP para capacitações e projetos de empreendedorismo no município. Desenvolve atualmente o projeto EMPREENDER na área turística, participa do COMTUR e da governança do Circuito Turístico de Cultura Caipira. 

ASSOCIAÇÃO ARTESANAL PARAIBUNENSE- Realiza a gestão e fomento da Casa do Artesão para comercialização do artesanato local. Artesãos tradicionais ministram aulas na Oficina de Consumo, Lixo e Arte direcionadas aos jovens do PJ-MAIS com comercialização e geração de renda aos jovens.
INSTITUTO CHÃO CAIPIRA "MALVINA BORGES DE FARIA - OSCIP de Cultura Tradicional de Paraibuna que realiza o projeto de difusão da cultura caipira pela TV CHÃO CAIPIRA www.tvchaocaipira.com.br

PERFIL DOS EMPREENDIMENTOS: 

Sítio JJ – Pequeno produtor rural (97 hectares) que desenvolve o cultivo e o processamento tradicional da cana de açúcar. Conta com 10 nascentes na propriedade e participa do projeto demonstrativo do Programa Mata Ciliar da Secretaria do Estado de Meio Ambiente com plantio de 5 alqueires em áreas ciliares. Ë membro da Associação de Amigos de Bairro do Fartura, da Associação Comercial e Empresarial de Paraibuna, do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, do Conselho Municipal do Meio Ambiente e do Conselho Municipal de Turismo e participa do Projeto Empreender e fez adesão ao Circuito Turístico de Cultura Caipira do Sebrae-SP. Há dez anos participa do Programa Revelando São Paulo da Secretaria do Estado da Cultura  (diversas edições) com a difusão cultural dos modos tradicionais de produção de derivados de cana (açúcar mascavo, melado de cana, rapadura e cachaça). Foi considerado um dos treze produtos turísticos no município pelo Programa de Desenvolvimento do Turismo Receptivo (PDTR) realizado pelo Sebrae-SP regional Sào José dos Campos em 2005-2007.

Sitio JM - empreendimento da agricultura familliar que desenvolve uma importante pesquisa na área de culinária tradicional. Participou em 2008 do Programa Nacional de Agricultura Familiar (PRONAF) na área de pecuária leiteira. O Sitio JM adequou sua estrutura para o atendimento turístico e possui, também, uma importante coleção de objetos históricos com a formação de um pequeno espaço de memória e da cultura tropeira da região. Participa do Programa da Mata Ciliar com plantio de mudas nativas em áreas cilaires, é presidente da Associação de Amigos do Bairro do Fartura e membro do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural.

Sitio do Bello:
www.sitiodobello.com.br , pequeno produtor rural ( 9 hectares) com uma pequena agroindústria de processamento de frutas para produção de polpas, geléias e doces para abastecimento, principalmente, do mercado paulistano. É parceiro do Instituto Fauser no fomento do Turismo Sustentável, do Projetos Frutas Nativas e da Rota Gastronômica do Cambuci. Atualmente, com o IHHF, desenvolve o censo do Cambuci na área de amortecimento do Parque Estadual da Serra do Mar (PESM) e certificação de agricultores familiares com produção extrativista. Participou de importantes eventos gastronômicos como Paladar Cozinha do Brasil, Mesa Brasil 2010. Participa do programa CARAS DO BRASIL do Pão de Açucar, do SLOW FOOD e é um dos agentes de fomento (um dos atores para aproximar o produtor e a indústria de sorvetes) da Associação Brasileira da Indústria de Sorvetes com parceria com o MDA e GTZ. Ë parceiro da CENTRAL DO CERRADO na comercialização em São Paulo dos produtos dos agricultores familiares e comunidades tradicionais do cerrado.

Café Chão Caipira –
Microempreendimento Individual que realiza a difusão tradicional do Café Caipira desde os processos de processamento artesanal do café até os modos de comensalidade. Concebeu e atua no Rancho Chão Caipira do Programa Revelando São Paulo da Secretaria do Estado da Cultura em quase todas as suas edições no território do Estado de São Paulo desde o seu início. Aderiu ao Circuito Turístico de Cultura Caipira, SEBRAE- SP.